Termografía Infrarroja
Espanhol
Aplicações e Teoria Produtos e Serviços Noticias e Publições Informação util Home Page Contato Site Map
Câmaras Infravermelhas
Capacitação
Cristais
Corpo Preto
Detectores Infravermelhos
Equipes para ensaios não destrutivos
Escaneres infravermelhos
Livros e software
Microscópio Infravermelho
Serviço de Termografia Infravermelha
Sistema de Detecção de gases
Sistema para vigilância
Termómetros
Janelas Infravermelhas


  Produtos e Serviços > Janelas Infravermelhas
   
  Carregue janelas infravermelhas pdf
  Transmissão Janelas Infravermelha pdf
  Diversos tipos das janelas infravermelhas pdf
 
  Nota:o Janelas Infravermelhos estão especificadas, entre outras coisas tentou ensaio pressão ,hermeticidade, impacto mecânico, arco interno (arc proof /arct fault test) sobre a média tensão. La janelas infravermelhas estão detalhados (medida padrão) no especificações não são para ser utilizados em equipamentos para atmosferas potencialmente explosivas (ATEX)

 
 

ESPECIFICAÇÃO TÉCNICA JANELAS INFRAVERMELHAS H.VIR ®

Comprimento de onda

onda curta

onda longa

Denominação

H.VIR  70

H.VIR  80

H.VIR  100

H.VIR  75

H.VIR  85

H.VIR  105

Dimensões

mm

mm

mm

mm

mm

mm

ØA

79

100

133

79

100

133

ØB

52

72

95

52

72

95

ØC

64

80

113

64

80

113

ØD

3

3

3,5

3

3

3,5

E

5

5

8

5

5

8

F

6,5

6,5

8

6,5

6,5

8

G -Espessura cristal

3

3,5

4

3

3,5

4

Peso janela –gr #

100

164

360

110

190

420

Revestimento cristal

nenhum

nenhum

nenhum

nenhum

nenhum

nenhum

Porosidade cristal

nenhuma

nenhuma

nenhuma

nenhuma

nenhuma

nenhuma

Transmissão/visível

Média 98%

Média 94%

Transmissão/infravermelha*

94%  
desde 0,3 m-- a 5,5 m

94%
desde  0,3 m- a  82% a 11m

Resistência a 20 °C

7,9  x  10  17  ohms

7,9  x  10  17  ohms

Resistência a 150 °C

6,7  x  10 11  ohms

6,7  x  10  11 ohms

Condutividade térmica

9,71 w/mk  a  36° C

11,72 w/mk  a  13° C

UV sensibilidade

ninguna

ninguna

ninguna

parcial

parcial

parcial

Dureza cristal

Knopp  150

Knopp  82

Tolerâncias temperaturas

150°C +/-20°

100°C+/-20°

Tolerâncias presões

2 bars  //Diferencial 1,2 bar

Material Cristal (janela)

Cristal especial 

Material marco metálico

Alumínio

Material proteção

Material orgânico

Estabilidade térmica

+/- 10°C

Selo janela -gabinete

O-ring 360 °

Selo janela -marco

Silicone

Resistência impacto

IK07 (NFEN 50102)

Ensaio estanqueidade

NFEN 60529--------UL Hose Test ( SEC.35 of UL 50)

Ângulo de visão

Apoiando a câmara sobre a janela cone de 130 º-140 ºC total(dependendo também da lente da câmara ou da projeção do detector do termômetro)

(#) Com janela de proteção (Cristal Janela +Marco Alumínio+Proteção)
 
(*)Curvas de transmissão de radiação das janelas
1- H.VIR onda curta                                                   Comprimento de onda
2- H.VIR onda longa
 
 
 
 

As janelas infravermelhas H.VIR se fabricam de maneira estándar com geometria circular nos diâmetros 2 ’’,3 ’’ e 4 ’’ com cristal tanto transparente à onda curta (70/80/100) quanto à onda longa (75/85/105).

Os metais são 100% opacos à radiação infravermelha. Os materiais visivelmente transparentes que se instalam nos tabuleiros, assim como também o quartzo, o plexiglás, policarbonato, o cristal etc., são também opacos à radiação infravermelha maior de 2 micrômetros, portanto, não pode realizar-se a inspeção através deles.

As janelas infravermelhas se instalam em superfícies planas, fixas e em forma permanente, seja em celas ou em gabinetes novos ou usados. Cada janela vem provista com placa ade-siva de modelo para que a montagem seja realizada com a maior precisão.

A medição da temperatura sem contato através das janelas infravermelhas pode ser realizada por meio de um termômetro infravermelho,como uma câmara infravermelha.Unicamente há que respeitar a compatibilidade de sensibilidade do instrumento com a da transmissão da janela.As janelas de onda longa também têm boa transmissão em onda curta e,ao mesmo tempo,as de onda curta também têm transmissão parcial em onda longa (ver curvas de transmissão).A onda curta corresponde à janela atmosférica de 2 a 5,5 micrômetros (infravermelho médio) e a onda longa à janela atmosférica de 7 a 12 micrômetros (infraver-melho longíquo).

A localização das janelas nos gabinetes depende das dimensões do mesmo,profundidade dos componentes e,do tipo de observação que goste de se realizar no seu interior. A observação pode ser direta e/ou indireta (por radiação refletida). Cada caso deve ser analisado levando em conta as leis de radiometria, da geometria da cela, as lentes da câmara, o diâmetro da janela etc. A instalação das janelas nas mesmas, da mesma maneira, deve respeitar as normas de segurança particularmente de cada indústria, e as do fabricante do componente elétrico de que se trate.

As janelas vêm protegidas com uma cobertura de plexiglás,a qual deve ser removida unicamente no momento de realizar o ensaio. Esta proteção evita raladuras e/ou depósito de pó etc. A limpeza do cristal transparente ao infravermelho deve ser realizado unicamente com álcool metílico.

As janelas infravermelhas podem ser utilizadas em outras aplicações, as quais, suas posibilidades devem ser avaliadas previamente, respeitando as especificações técnicas e/ou com outras especificações antecipadamente pedidas. Também, podem fabricar-se em outra geometria que não seja a circular. Estas têm sido desenhadas para serem utilizadas em fechamentos normais às temperaturas ambientes.

A manipulação, o maltrato, a instalação ou a utilização incorreta deste produto, é respon-sabilidade do usuário.

 
 

Aparelhos e componentes de baixa -média e alta tensão

Instalações de manobra de baixa -média e alta tensão

Painéis interruptores

Caixas Bornes Transformadores de potência

Condutos de Barras

Centro de controle de motores

Bornes de geradores

Bornes de motores

Conexões

Gabinetes fechados de baixa,média e alta tensão

Painéis de comunicações

Equipamentos para a distribuição da energia elétrica em geral

 
 
Inspeção da termografia infravermelha de maneira segura,eficiente e econômica.A termografia infravermelha em média e alta tensão se converte 100% numa inspeção não intrusiva. Pode-se realizar a inspeção de gabinetes fechados e protegidos.

Necessitade menor quantidade de pessoal para realizar o ensaio infravermelho. Abrir e fechar celas energizadas precisa de muitas horas humanas. Assim mesmo, neste caso, os riscos no trabalho são muito elevados.

Sem as janelas infravermelhas,a medição de temperatura também dispõe-se à provável in-terrupção do serviço pela abertura dos gabinetes. Inclusive, em alguns casos, os gabinetes não têm acesso algum. Com as janelas pode realizar-se a medição de temperatura em pai-néis de média tensão em qualquer momento e com resultados muito precisos.

Melhora a performance operativa das instalações diminuindo sensivelmente os riscos das paragens não programadas. Evita as paragens da planta e, portanto, a queda da produtivida-de e o lucro cessante.

Evita sinistros e prevem acidentes.

Reduz as primas de seguro pela realização de termografia em média e alta tensão. Reduz as primas de seguro por diminuição dos riscos no trabalho.
 

ENSAIOS • HOMOLOGAÇÕES • CERTIFICAÇÕES

1 -Ensaio contra chuva e pó -Underwriters Laboratories Inc.USA NC.
2 -As janelas H.VIR Comet são classificadas pelo Underwriters Laboratories Inc.Como NEMA Class 3/12 para serem usadas em superfícies planas.
3 -Ensaio de envelhecimento acelerado -Underwriters Laboratories Inc.USA-NC.
4 -Ensaio antiexplosivo -Powel Electric -Arc Proof Cabinets KEMA -High Power Test Facility in Schalfont PA.
5 -Ensaio do Arco interno no gabinete de alta tensão -ABB Corporate Research Oy -Finlândia.
6 -Ensaio dos impactos mecânicos externos -Bureau Veritas -França IK07 (NF EN 50102)Norma Francesa Norma Européia.
7 -Ensaio referido ao grau de proteção contra a penetração de água -Bureau Veritas -França -Code IP47/Norma NF EN 60529 Norma Francesa -Norma Européia.
8 -Resistência ao impacto -NFC 20-010 -APAVE -Association des Propriétaires d'Appareil à Vapeur et Electrique.
9 -Verificação das janelas expostas ao excessivo calor,devido a efeitos elétricos internos NEK-EN 60439-3 Cláusula 8.2.12 NEMKO (Ente de qualificação Noruego).
10 -Verificação da resistência ao calor das janelas NEK 511 Cláusula 18 b -NEMKO (Ente de qualificação Noruego).
11 -Verificação da dureza da janela por meio do ensaio Brinell. NEK 511 Cláusula 18 C -NEMKO (Ente de Qualificação Noruega). 
12 -Distâncias a respeitar para realizar o ensaio termográfico NFPA 70 E -USA.
13 -OSHA -Occupational Safety and Health Act paragraph 1910.303/1910.399 -NRTL USA.
14 -ISRAEL Instituição de normas (Laboratório Elétrico)Ensaio N º2914302595. Prova conforme ao IP e de acordo com IS 98 1 de junho de 1978,classificação de nível de proteção dos gabinetes de equipes elétricos.

 
 

Imagem no espectro
infravermelho através da janela

Imagem no espectro visível



para ver mais fotos de instalações faça clique aqui



  Arriba
  << ver presentación
 © Copyright 1999 - 2015 SI Termografía Infrarroja. Todos los derechos reservados.